Um relato sobre a prática pedagógica dos professores de Educação Física de Campo Belo do Sul/SC

Luan Santos Silva, Roberto Mario Roque, Vagner Francisco Martins, Vanduir Oliveira Souza, Sadi Ricardo da Silva Bastos

Resumo


A trajetória dos profissionais de Educação Física foi marcada por várias mudanças que ocorrem conforme se processam as transformações na cultura dos povos e que afetaram muito esta área do conhecimento, que é discriminada, por se entender que nesta disciplina não há diretividade pedagógica, na maioria das vezes são desenvolvidas atividades livres, brincadeiras e esportes nas aulas, sem continuidade ou com objetivos pouco claros. Esta pesquisa teve início após a observação das aulas numa escola estadual em Campo Belo do Sul/SC, onde se constatou que a professora não segue uma sequência lógica dos conteúdos trabalhados nas diferentes séries. Na estrutura curricular do curso de Educação Física são estudadas várias abordagens metodológicas que podem ser utilizadas no trabalho do professor de Educação Física. No entanto percebeu-se que na prática observada isto não ocorre. Assim, surge o problema desta pesquisa: Como são desenvolvidos os conteúdos nas aulas de Educação Física? Qual a forma de abordagem dos conteúdos, bem como as estratégias utilizadas? Há continuidade no desenvolvimento dos conteúdos de uma série para outra? A Proposta Curricular de Santa Catarina (1998) enfatiza que são conteúdos inerentes à Educação Física os jogos, os esportes, a ginástica e a dança; mas como se pode perceber na escola observada, muitos destes conteúdos não são abordados. Tendo em vista que os cursos de formação discutem, estudam, capacitam os futuros profissionais sobre a necessidade de utilizar-se de abordagens metodológicas para o desenvolvimento das aulas, e ainda que nos Estágios obrigatórios os estudantes desenvolvem projetos inovadores, não se pode dizer que há desconhecimento destas propostas. Desta forma, justifica-se a importância desta pesquisa, pois irá sugerir o que deve ou pode ser trabalhado em cada série; a continuidade destes para a série seguinte e que as abordagens estudadas sejam utilizadas nas aulas. Esta forma de organizar as aulas facilitará muito na elaboração dos planejamentos, oportunizando a sequência de conteúdo, e dando maior objetividade a sua proposta de ensino. O objetivo geral deste trabalho foi investigar quais abordagens metodológicas são utilizadas pelos profissionais de Educação Física de duas escolas públicas de Campo Belo do Sul/SC. Os objetivos específicos foram: Identificar os conteúdos desenvolvidos nas aulas de Educação Física nas diferentes séries; Analisar as abordagens pedagógicas utilizadas pelos professores; Detectar se os conteúdos trabalhados nas aulas seguem uma sequência didático-pedagógica; Elencar as dificuldades encontradas pelos professores para o desenvolvimento de suas atividades; Verificar se o professor utiliza referencial teórico como subsídio para o planejamento de suas aulas; Averiguar como ocorre o planejamento da Educação Física nas escolas. Esta pesquisa caracterizou-se como Exploratória. Os sujeitos foram 35 alunos de ambos os sexos, matriculados no período matutino, do Ensino Fundamental e 2 professoras de Educação Física da rede estadual e municipal de Campo Belo do Sul/SC. A coleta dos dados foi realizada através de questionários aplicados aos alunos e professores e a observação sistemática. A análise dos dados seguiu uma abordagem qualiquantitativa. Os dados foram coletados e estão em fase de análise, portanto, não é possível ainda apresentar os resultados e conclusões.

Palavras-chave


Estratégias metodológicas. Prática pedagógica. Trajetória profissional



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC