A IMPLICAÇÃO DE PRATICAS PEDAGOGICAS NA SAÚDE MENTAL DE ESTUDANTES UNIVERSITÃRIOS DO CURSO DE AGRONOMIA DE UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO SUPERIOR

estela maris camargo bernardelli, mareli eliane graupe

Resumo


Este trabalho trata-se de uma pesquisa científica que busca investigar a implicação das práticas pedagógicas na saúde mental de estudantes universitários do curso de Agronomia de uma instituição pública de ensino superior. Dessa forma, objetiva-se analisar a relação entre as práticas pedagógicas no ensino superior especialmente nas disciplinas de Construções Rurais e Hidraúlica Agrícola que apresentam um índice de reprovação semestral superior a 50% e a correlação com a saúde mental destes universitários, considerando o ciclo vital de desenvolvimento em que se encontram. Zabalza (2004) destaca que a universidade é um complexo dinâmico e multidimensional, onde incidem e se entrecruzam influências diversas, como a politica universitária, a ciência e a tecnologia, os professores e também, o mercado de trabalho e os estudantes. Esses iniciam o ensino superior com formações e interesses diversos, como protagonistas de sua formação. No que se refere ao acesso e frequência ao ensino superior coincidem na vida do jovem, conforme Dias e Fontaine (2001), com um período do seu desenvolvimento cognitivo e psicossocial que, se por um lado permite uma eficaz capacidade de reflexão e abstração, possibilita, por outro, que conflitos anteriores não resolvidos possam emergir, contribuindo também para o surgimento de processos psicopatológicos. Participarão da pesquisa 10 acadêmicos do curso de Agronomia que estejam cursando o 8 semestre entre os meses de agosto e novembro de 2013. Do ponto de vista de sua natureza, trata-se de uma pesquisa aplicada cuja forma de abordagem será a qualitativa e para a coleta de dados será utilizado um roteiro de entrevista semi-estruturada buscando compreender a implicação das práticas pedagógicas da instituição de ensino superior e os processos psicopatológicos em discentes. Os dados coletados serão avaliados por meio da análise de conteúdo qualitativa organizados em categorias definidas a priori, em consonância aos objetivos específicos deste estudo. Como benefícios, a pesquisa proporcionará maior conhecimento a respeito das práticas pedagógicas no ensino superior e sua implicação ao surgimento de psicopatologias em acadêmicos, havendo a possibilidade de serem propostas novas estratégias no fazer docente, de modo a minimizar e/ou evitar esses transtornos. Categorias: práticas pedagógicas; universidade; saúde mental de acadêmicos.

Palavras-chave


práticas pedagógicas; universidade; saúde mental de acadêmicos.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC