Memória de egressas do Orfanato Nossa Senhora das Graças (1955 a 1990): Um olhar Genealógico

Vera Lucia Furtado, Carmem Lucia Diez

Resumo


Este estudo é parte integrante da pesquisa de Mestrado em Educação desenvolvido na Universidade do Planalto Catarinense – UNIPLAC, realizado pela mestranda Vera Lucia Mendes Vieira Furtado, sob a orientação da Professora do PPGE Doutora Carmem Lucia Fornari Diez. O estudo tem como tema: Memória de egressas do Orfanato Nossa Senhora das Graças (1955 a 1990): Um olhar Genealógico. Sendo o recorte temporal o período do Internato, o objetivo geral consiste em analisar a trajetória de 35 anos de assistência à infância, promovido pelo orfanato de Lages, tendo como fundamento a perspectiva genealógica de Michel Foucault. Objetivamos especificamente, em primeiro momento, descrever os encaminhamentos metodológicos, fundamentando na Genealogia de Foucault. A partir do aprofundamento teórico buscamos compreender e apresentar o percurso histórico das práticas sociais à assistência à infância no Brasil e a situação da criança nesse contexto. No terceiro capítulo, temos como objetivo, apresentar na falas de egressas seu olhar sobre o cenário institucional, subsidiado pela Genealogia Foucaultiana. Trazemos a história do internato, partindo das vivências relatadas por um grupo de egressas que fizeram parte desse contexto. Através do referencial teórico e dos resultados dos depoimentos de onze egressas, apresentamos esclarecimento sobre a problemática que permeou nossas discussões no decorrer deste trabalho ao questionarmos qual o olhar de egressa sobre o cenário institucional vivenciado? A coleta de dados ocorreu através de entrevistas que foram gravadas e transcritas para análise através da Genealogia de Foucault. Entendemos que pesquisar sobre a história de vida de egressas, deixando registrada informação de suas vivências na instituição, torna-se relevante para o conhecimento e valorização do percurso histórico institucional de assistência à infância na cidade de Lages. Buscamos ancorar nossos estudos em autores tais como Rizzini e Pilotti (1995), Rizzini, (2004), Freitas, (2003), Ariès (1981), Araújo (2000), Diez (1993, 2001 e 2011) e estudos direcionados à obras de Foucault. As diversas leituras realizadas aliadas aos depoimentos proporcionam a sustentação à pesquisa promovendo assimilação e análise dos dados históricos.

Palavras-chave


Orfanato. Egressas. Depoimento. Genealogia. Memória



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC