DIVERSIDADE MUSICAL BRASILEIRA

Aline Dallazem, Clarissa de Sá Pereira, Isabel Nercollini Ceron, Andrey Schonardie, Luiz Augusto de Medeiros

Resumo


Este trabalho refere-se ao Estágio Curricular Obrigatório (ECO) realizado pelos alunos do sétimo semestre, do curso de Licenciatura em Música da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC), com alunos do 1º ano do Ensino Médio. Nas observações efetuadas, foi possível perceber como a turma do 1º ano possui uma diversidade de conhecimentos musicais e “tribos†formadas pelas suas identidades e escolhas comuns. Entretanto, não há uma interação entre essas diferentes experiências, até mesmo nas aulas de Artes. Diante dessa realidade, propomos verificar quais os estilos musicais que os alunos mais apreciam e vivenciam, podendo, a partir desse levantamento, interagir com esses conhecimentos, ampliando de forma que todos possam usufruí-los significativamente. Os objetivos a serem alcançados foram de: desenvolver o conhecimento dos alunos sobre diferentes estilos musicais através da prática musical no Estágio Curricular Obrigatório, (a) identificar as preferências/gostos musicais dos alunos do 1º ano do Ensino Médio de uma escola pública de Lages; (b) proporcionar aos alunos experiências com diferentes estilos musicais; (c) ampliar seu repertório de escuta musical; (d) despertar senso crítico e autonomia no processo de escolha de repertório; (e) exercer a prática profissional a partir do Estágio supervisionado; (f) aproximar os estudantes dos diferentes estilos musicais e seus períodos da História da Música; (g) desenvolver metodologias de ensino que tornem as aulas dinâmicas e prazerosas; (h) trabalhar interdisciplinarmente e (i) contribuir através da música no processo de ensino e aprendizagem. O projeto foi realizado com alunos do 1º ano do Ensino Médio da EEB de Lages, na cidade de Lages, SC em duas aulas semanais de quarenta e cinco minutos cada. A elaboração e execução das aulas ocorreram pelo grupo de estagiários e pela professora de ECO. Para alcançar os objetivos deste projeto, recorremos às seguintes metodologias: (a) apreciação musical de diferentes estilos; (b) execução de peças: canto, percussão corporal e percussão alternativa; (c) dinâmicas de improvisação; (d) atividades de composição em grupo e individual e (e) escrita não convencional e musical. A avaliação do processo de ensino-aprendizagem se deu através de diálogo com os alunos sobre os conteúdos e a metodologia aplicada. O interesse dos alunos pelas atividades e estilos propostos nos deixou muito feliz, pois demonstrou como a música está presente em suas vidas e como ela precisa ser levada à escola de forma didática, ampliando conceitos e experiências dos alunos para poderem ver e ouvir música com outros olhos, com uma crítica construtiva e não preconceituosa.

Palavras-chave


Estagio Curricular Obrigatorio. Musica. Diversidade.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC