A importância do lúdico na educação infantil

Fernanda Vanessa de Oliveira, Gabriela Silva Stange, Annelise Silva Santos, Lucilene Reichert Pessoa Vieira, Oliveira Machado Fernandes Junior

Resumo


Brincar é uma atividade universal encontrada nos vários grupos humanos, independente de classe econômica ou social, ou seja, a criança é criança em qualquer parte do mundo e o brincar envolve o universo infantil. Pode-se dizer que o brincar preenche as necessidades da criança. Assim, a mesma ao brincar vai criando experiências, contribuindo e construindo conhecimentos acerca do mundo e com quem se relaciona. Além disso, é uma realidade cotidiana na vida de muitas crianças, e para que elas brinquem é importante que não sejam impedidas de exercer sua imaginação. É através da brincadeira (faz de conta) que na infância tem-se a possibilidade de trabalhar com a imaginação: a realidade se constrói pela fantasia e a fantasia constrói a realidade. A criança organiza seu pensamento através das vivências simbólicas, elaborando seu real. Afinal, criar é uma capacidade que todos possuem, independente de classe social, mas interdependente do meio sociocultural em que cada um está inserido. A brincadeira para as crianças é um sinônimo de prazer e diversão, com isso é imprescindível desenvolver atividades lúdicas, pois estas despertam a atenção das crianças. Através da brincadeira então, pode-se aprender de forma diferente e desenvolver algumas características motoras elementares, sejam elas através de brincadeiras ou jogos realizados em pátios ou quadras. Desta maneira a pesquisa fundamenta-se a partir da idéia de que o brincar é pertinente ao ato de aprender, uma vez que o brincar tem como principal característica instigar o imaginário das crianças, desenvolverem a criatividade, espontaneidade entre outros e com isso proporcionar o desenvolvimento infantil. Dito isto, é notado que se uma aula de Educação Física for planejada e orientada na sua essência é possível que as crianças aprendam brincado, através de atividades recreativas do seu interesse, sendo assim, questiona-se qual a relevância do brincar na escola? Até que ponto é possível conciliar no espaço escolar o brincar e o aprender? E o que efetivamente as crianças aprendem através das brincadeiras, dos jogos e dos brinquedos nas aulas de Educação Física?Este trabalho tem como metodologia de intervenção a metodologia Construtivista, que foi proposta por João Batista Freire, em seu livro intitulado “Educação de Corpo Inteiroâ€, publicado em 1989. E também um estudo bibliográfico a cerca da Educação Física na Educação Infantil.

Palavras-chave


Brincar; Educação Física; Educação Infantil.



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC