Censo Étnico Racial dos Acadêmicos da Uniplac

Ju Oliveira Vieira

Resumo


A Pesquisa proposta pelo NEAB/NEU se refere a realizar um Censo Étnico-Racial dos Acadêmicos da UNIPLAC que ingressaram na instituição nesta última década, quais as áreas de formação e quantos efetivamente concluíram o curso superior. A pesquisa é importante de ser realizada para a construção de referenciais teórico-metodológicos que possibilitam aos educadores a ampliação e o aprofundamento da história das relações interretnicas e suas implicações na educação dos povos Idígenas e Afro descendente na região serrana, podendo subsidiar estudos posteriores em relação aos temas abordados, este trabalho vem propondo acentuar as discussões da inserção e da permanência de estudantes indígenas, negros e pardos nos cursos de graduação na UNIPLAC. Ainda são poucos os estudos relacionados a presença do negro no ensino superior, mas segundo Azevedo (1996) é possível estudar a ascensão social do negro no Brasil conforme a trajetória educacional desta etnia e conhecer, divulgar as obras literárias sobre o negro, o indígena e a educação faz parte do trabalho deste núcleo de pesquisa. Uma das questões centrais que balizarão este estudo é o que apontam as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira, Africana e Indígena, de acordo com a Lei 10.639/03 e a Lei 11.645/08 que incluem o conhecimento mais aprofundado destas etnias em todos os níveis escolares. A pesquisa terá as seguintes etapas: Pesquisa de campo através de entrevistas com os acadêmicos por meio de questionário e termo de consentimento esclarecido e assinado (TCLE); Pesquisa documental analisando os dados registrados no NIU, na Avaliação Institucional e fichas de matricula quanto a cor .Espera-se com a Pesquisa/Censo Étnico-Racial dos Acadêmicos da UNIPLAC identificar o número de estudantes negros graduados nesta instituição. O material produzido resultará em registro e/ou publicação de artigos sobre a temática. Possibilitando a UNIPLAC a adoção de políticas mais igualitárias de acesso e permanência dos afro-descendentes e também dos Indígenas, no Ensino Superior, haja vista que esta instituição tem um papel de destaque no comprometimento com o desenvolvimento regional.

Palavras-chave


Educação, Etnias, políticas publicas



REVISTA UNIPLAC
ISSN 2447-2107
EDITORA UNIPLAC | PORTAL DE REVISTAS UNIPLAC
e-mail: propepg@uniplaclages.edu.br | Fone: (49) 3251-1009
Copyright 2012. Editora UNIPLAC