ANOTAÇÃO SEMÂNTICA EM UMA APLICAÇÃO WEB

CRISTIANE APARECIDA ALVES

Resumo


A Internet mistura as tecnologias da computação e da comunicação, tornando as
informações instantâneas e convenientemente acessíveis em todo mundo. Na Web
tradicional encontra-se um grande volume de informações disponibilizadas sem uma
estrutura que represente o conhecimento explícito, sendo que estas informações tem
significado apenas para os humanos que as acessam. A Web Semântica busca incluir
mecanismos para capturar o significado real das informações, criando assim um
ambiente no qual os computadores possam processar e relacionar conteúdos
provenientes de várias fontes. A organização das informações na Web Semântica usa
estruturação e regras de inferência, permitindo que outras informações sejam
deduzidas automaticamente. Para explorar as potencialidades da Web Semântica,
propõe-se o desenvolvimento de uma estrutura semântica que possa representar as
espécies vegetais armazenadas no herbário da UNIPLAC, através de marcações
utilizando tecnologias como Resource Description Framework (RDF), eXtensible
Marckup Language (XML) e Web Ontology Language (OWL). Utilizou-se o herbário
como estudo de caso, pois nele há uma coleção de plantas classificadas para exposição
ou estudo. Estas amostras são manuseadas através de Exsicatas, que são amostras ou
cópias autênticas de partes de uma planta para identificação botânica.
Criou-se uma ontologia, com base na taxonomia de Lineu, para representar a estrutura
semântica. Esta ontologia foi mapeada para um banco de dados e foram criadas
interfaces para cadastrar as instâncias da ontologia.
Além disso, foi disponibilizada uma interface de consulta, na qual foram inseridas
anotações Resource Description Framework (RDF), complementadas por informações
obtidas no banco de dados.

Palavras-chave


Web Semântica, marcação, herbário, Internet, RDF

Texto completo:

Sem título