REDUÇÃO DO TEMPO DE TROCA DE FORMATO EM UMA LINHA CONVERTEDORA DE PAPEL TISSUE.

BIANCA OLIVEIRA OLINGER

Resumo


A metodologia SMED - Single Minute Exchange of Die, de Shigeo Shingo, desenvolvida entre 1950 e 1969 no Japão, é conhecida quando se trata da redução de tempos de setup em equipamentos, e será detalhada no decorrer deste projeto. Este trabalho propõe-se a realizar um estudo de caso voltado a diminuição do tempo de troca de formato na linha de embalagem de uma linha convertedora de papel higiênico em uma indústria multinacional de papel e celulose, situada na cidade de Correia Pinto. A empresa objeto de estudo está há 150 anos no mercado, fornecendo produtos de alta qualidade e tecnologia. Para levantar e tratar as oportunidades, foi desenvolvido um projeto utilizando o método SMED, com o objetivo principal de aumentar a capacidade de produção com um maior tempo de máquina operando durante uma jornada de trabalho, proporcionando assim, maior flexibilidade de produção e resposta ao mercado consumidor.

Palavras-chave


SMED, produção, mercado.

Texto completo:

PDF